CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor XôZé » Domingo 10 Janeiro 2010, 19:38

Calculo que exista quem que por aqui não concorde, mas fica para leitura:


Um patrício... Escreveu:
Tratados consagram separação

Os cabindas reivindicam, e desde 1975 fazem-no com armas na mão, a independência. Em termos históricos, Cabinda estava sob a «protecção colonial», à luz do Tratado de Simulambuco, e o Direito Público Internacional reconhece-lhe o direito à independência.

Cabinda e Angola passaram para a esfera colonial portuguesa em circunstâncias muito diferentes e só por economia de meios, em 1956, Portugal optou pela junção administrativa dos dois territórios.

A procura da independência começou, em 1956, com a formação do Movimento de Libertação do Enclave de Cabinda (MLEC) e em 1963, dois anos depois do início da guerra em Angola, são criados o CAUNC - Comité de Acção da União Nacional dos Cabindas e o ALLIAMA - Aliança Maiombe.

Cabinda, ao contrário do que se passou com Angola, foi «adquirida» por Portugal no fim do Século IXX, em função de três tratados: o de Chinfuma, a 29 de Setembro de 1883, o de Chicamba, a 20 de Dezembro de 1884 e o de Simulambuco, a 1 de Fevereiro de 1885, tendo este anulado e substituído os anteriores.


:arrow: http://altohama.blogspot.com/


Contra factos, não há argumentos PIM! :twisted:
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor Arp » Domingo 10 Janeiro 2010, 20:04

Viriato Escreveu:o nosso amigo arp, que conhece bem esta pretalhada toda por andar sempre metido em patuscadas com eles, pode-nos dar a ideia dele sobre o que se passou ?

quis-me parecer que são cabindeses, aqueles que hà 500 anos pediram protecção a Portugal e que nada têm a ver com a pretalhada N'golesa, que andam revoltados contra as forças de ocupação do ditador zédu !


Talvez devesses tu informar-nos, uma vez que uma boa parte dos dirigentes desta FLEC (uma das...) está exilada em Paris.
São os chamados guerrilheiros dos Bosque de Versailles.

De qualquer dos modos tens aqui o seu site oficial, onde podes ler das suas razões...


http://www.cabinda.org

35 anos de liberdade para Portugal.
35 anos de opressão para Cabinda.

35 ans de liberté pour le Portugal.
35 ans d'oppression pour le Cabinda.

35 years of liberty for Portugal.
35 years of oppression for Cabinda.


Quanto a mim, e como verificamos logo a abrir, é um grupo dirigido por uns quantos que, pela sua própria definição em cima, se lembraram, depois do 25 de Abril, que podiam meter a mão numa caterva de barris de petróleo todos os dias.
Até aquela data as únicas forças de guerrilha que lutaram no enclave contra a ocupação colonial, foram as do MPLA.

Já segundo as leis internacionais, parece que os novos países saídos da dependência colonial, ganham o seu estatuto de nação com o formato que a administração colonial mantinha. Já alguma vês viste um mapa de angola anterior ao 25A ? Eu estudei por eles sempre com a virgula lá em cima como fazendo parte da palavra.
O resto é petróleo e eu tenho andado a acompanhar a campanha que alguns meios de informação internacionais, mormente franceses, andam a mover desde o ataque terrorista à delegação togolesa que se dirigia a Cabinda.

A FLEC diz que o ataque, feito na fronteira quando estavam a ser controlados os passaportes, era dirigido à escolta e não aos togoleses, mas o esquisito é que não acertaram em ninguém da escolta e mataram três desportistas. Por outro lado, não morreram mais desportistas porque o primeiro autocarro a ser atacado e o mais atingido foi o da frente, onde eram transportados os equipamentos e apetrechos da selecção.
Independentemente das suas razões e direitos, se querem fazê-los valer por esta via vão ter de melhorar muito a pontaria.

Outra coisa que não se entende muito bem, é a que propósito uma selecção resolve fazer mais de três mil quilómetros de autocarro, quando havia sido explicitamente indicado que todas deveriam viajar de avião.

Outras notas...


FLEC: «As armas vão continuar a falar em Cabinda»

Rodrigues Mingas, dirigente de um braço armado da FLEC (responsável pelo ataque terrorista ao Togo), garantiu que as armas vão continuar «a falar em Cabinda».
«Estamos em guerra e todos os golpes são permitidos», disse Rodrigues Mingas, exilado em Paris, à agência France Press.
O responsável acusou ainda o presidente da Confederação Africana de Futebol, Isaa Hayatou, por tudo o que aconteceu, já que manteve a realização de jogos da CAN em Cabinda.
«Isto vai continuar porque o país está em guerra, porque Isaa Hayatou insiste em realizar as partidas no local.»
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?s ... ews=429672


Tem hoje início a CAN, com o jogo de abertura Angola-Mali. Manchada, como é óbvio, por um ataque terrorista contra uma embaixada desportiva.
Devo dizer que este tipo de comportamento por parte da FLEC infelizmente não me admira. A dúvida, a maior que tenho, é saber quem está por trás desse bando “separatista”.
Sabe-se que durante a luta armada contra o regime colonial a FLEC sempre recusou juntar-se a outros movimentos de libertação. Fossem eles tribalistas, como o caso da UPA/FNLA ou o MPLA, que se queria pan-angolano. A FLEC combatia-os. O regime colonial percebeu e tirou os devidos dividendos.
No início dos anos 60 o MPLA conseguiu abrir uma frente em Cabinda, cujo exército integrava angolanos dos mais variados grupos étnicos, aliás como nos é dado ver no romance de Pepetela, “Mayombe”.
Portanto é fácil de perceber a quem foram criadas dificuldades por parte da FLEC durante a guerra colonial e a quem interessava esse comportamento nada nacionalista.
Sabe-se, também, que esses separatistas, nesse tempo, tinham o apoio do presidente do Congo Brazzaville, Fulbert Youlu. Para um movimento separatista barricado não se sabe em quê, pois pelos vistos não baseado em aspirações populares, estamos em presença de algo incompreensível à luz do bom senso.
Mesmo sabendo que o terrorismo só tem um sinal, persiste uma grande incógnita: Quem estará, afinal e agora, a manobrar e apoiar a FLEC?
Ao povo do Togo só me resta apresentar os meus sentimentos e a minha solidariedade.
http://aldeiaolmpica.blogspot.com/2010/ ... -flec.html


Também, nesta altura do campeonato, já não se sabe bem quantas flec’s existem...

Imagem
FRONT DE LIBERATION DE L’ENCLAVE DU CABINDA

FONDE EN 1963 A POINTE-NOIRE
DECLARATION SUR L’EVENEMENT TRAGIQUE ET BARBARE DONT A ETE VICTIME LA DELEGATION DE L’EQUIPE DU TOGO


Le Front de Libération de l’Enclave du Cabinda décline toute responsabilité sur l’attaque criminelle dont a été victime la délégation de l’équipe de la République du Togo, venue participée à la CAN 2010.
Le Front de Libération de l’Enclave du Cabinda condamne énergiquement cet acte barbare et renouvelle son engagement d’œuvrer pour le dialogue, la réconciliation et la paix au Cabinda.


Completo aqui...
http://www.flecnoticias.com/index.php?o ... 4&Itemid=1
O saber, o aprender o novo, só não encontra espaço em cabeças que já estão cheias, principalmente de ideias preconcebidas.
Arp
Avatar do Utilizador
Arp
Sargento-mor
Sargento-mor
 
Mensagens: 3414
Registado: Sábado 13 Outubro 2007, 14:02

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor Arp » Domingo 10 Janeiro 2010, 20:24

XôZé Escreveu:Calculo que exista quem que por aqui não concorde, mas fica para leitura:
:arrow: http://altohama.blogspot.com/

Contra factos, não há argumentos PIM! :twisted:


http://altohama.blogspot.com/ ??? Factos???
:risada:
Tão, Xô?
Imagem
Este rapaz de tua referência, só porque o que escreve dá razão aos teus penares e pensares, já se dá ao trabalho e preocupação de divulgar factos?
Como é que te parece que ganha a vida? A blogar?
Tem dó!
:content:
O saber, o aprender o novo, só não encontra espaço em cabeças que já estão cheias, principalmente de ideias preconcebidas.
Arp
Avatar do Utilizador
Arp
Sargento-mor
Sargento-mor
 
Mensagens: 3414
Registado: Sábado 13 Outubro 2007, 14:02

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor XôZé » Domingo 10 Janeiro 2010, 21:35

Pouco barulho, faz favor. :mrgreen:

Estou a assistir ao jogo de abertura e Angola já leva 3 de vantagem. :grin:

O casal presidêncial está bem instalado, em dois cadeirões separados a distância adequada de outros assistentes. 8-)

À figura petrificada masculina que só mexe as palminhas, opõe-se uma Ana Paula que se não se acalma, ainda lhe dá um aiiiiiiiiii... :twisted:

Quando é que são mesmo as eleições? :?
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor XôZé » Domingo 10 Janeiro 2010, 23:00

O que dizer de uma selecção que está a vencer por 4 a 0, vai para período de descontos no final do jogo com um resultado de 4-2 e em três minutos se deixa empatar 4-4 :?:

Se o Manel (algarvio) José não se põe a pau, ainda teremos que o ir resgatar. :mrgreen:

Mas 8 golos, foi bom.

Faz lembrar o andebol. :twisted:
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor zézen » Domingo 10 Janeiro 2010, 23:38

guerrilheiros dos Bosque de Versailles


Petroleo e luxo, a quanto obrigas. :roll:
a.o.s., foi, é, e serà sempre, um F.D.P.
Avatar do Utilizador
zézen
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
 
Mensagens: 5151
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 17:10
Localização: Cidade cinzenta

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor Viriato » Segunda-Feira 11 Janeiro 2010, 17:05

XôZé Escreveu: no fim do Século IXX,


que século é este ??? :content:
Imagem
Sou capaz do melhor como do pior, mas no pior, sou eu o melhor !
Avatar do Utilizador
Viriato
Manda chuva
Manda chuva
 
Mensagens: 3077
Registado: Segunda-Feira 8 Outubro 2007, 16:38
Localização: Cidade Luz

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor Scalabis » Segunda-Feira 11 Janeiro 2010, 19:05

Viriato Escreveu:
XôZé Escreveu: no fim do Século IXX,


que século é este ??? :content:


70 se o I fosse um L minusculo :mrgreen:

Mas baralhando e voltando a dar, pode ter querido escrever :grin:

XIX
XXI
Imagem

Imagem Imagem
Avatar do Utilizador
Scalabis
Alexandre, o grande
Alexandre, o grande
 
Mensagens: 1385
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 22:17
Localização: Santarém Ribatejo Portugal

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor Tovi » Segunda-Feira 11 Janeiro 2010, 19:12

Viriato Escreveu:
XôZé Escreveu: no fim do Século IXX,

que século é este ??? :content:

Que é que queres?... O citador é Mouro e o outro se calhar também nasceu em África... não sabem escrever em romano. :grin:
http://tovi.blogs.sapo.pt
"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Avatar do Utilizador
Tovi
Resmungão
Resmungão
 
Mensagens: 2577
Registado: Terça-Feira 9 Outubro 2007, 21:28
Localização: Porto - Portugal

Re: CAN 2010, Angola na rota das grandes realizações desportivas

Mensagempor Arp » Segunda-Feira 11 Janeiro 2010, 19:14

Não ataques o Xô que a única culpa que aqui lhe cabe é ter feito a colagem do texto do Orlando (a quem por outro lado se cola com frequência), que é um indivíduo conhecido por inventar factos com muita facilidade.
Se o Orlando diz que houve um tal de século lXX, é porque houve mesmo, pelo menos para o Xô que ainda o ouve.
O saber, o aprender o novo, só não encontra espaço em cabeças que já estão cheias, principalmente de ideias preconcebidas.
Arp
Avatar do Utilizador
Arp
Sargento-mor
Sargento-mor
 
Mensagens: 3414
Registado: Sábado 13 Outubro 2007, 14:02

AnteriorPróximo

Voltar para Futebol

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes

cron