Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor XôZé » Sábado 5 Dezembro 2009, 19:59

Assisti há dias na tv a uma reportagem interessantérrima sobre os bastidores dos hipermercados Continente, propriedade do patrão do Engº Tovi. :P

Desconhecia em profundidade a sua organização como o demonstrado nessa reportagem embora o nosso confrade Tovi em tempos nos tenha dado umas luzes.

Ontem à noite revi a reportagem mas como não consigo colocar directamente o vídeo, pela sua importância partilho apenas o link

:arrow: http://sic.sapo.pt/online/video/informa ... 141415.htm

Óh Tovi, onde é que entras tu nesta muito bem organizada engrenagem? :?
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor Tovi » Sábado 5 Dezembro 2009, 20:34

Pois é!... No grupo de empresas da SONAE as coisas são feitas com cabecinha e os resultados estão à vista.


XôZé Escreveu:Óh Tovi, onde é que entras tu nesta muito bem organizada engrenagem? :?

O meu trabalho não é propriamente nos hipermercados, mas sim no “antes de”, ou seja, no apoio técnico na área da refrigeração (projecto, fornecimento de equipamentos e fiscalização de obra) que se tem que prestar aos fornecedores.


E só mais uma coisa: Repararam que há muitos “seniores” nos lugares de chefia?...
http://tovi.blogs.sapo.pt
"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Avatar do Utilizador
Tovi
Resmungão
Resmungão
 
Mensagens: 2577
Registado: Terça-Feira 9 Outubro 2007, 21:28
Localização: Porto - Portugal

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor Tovi » Sábado 5 Dezembro 2009, 20:56

E já agora, para ficarem todos perfeitamente esclarecidos: Eu trabalho na SKK – Central de Distribuição para Refrigeração e Climatização, S.A..



A Spred SGPS SA (Sonae Capital) detém uma participação de 70% no capital da Selfrio SGPS SA (Selfrio SGPS ou Grupo Selfrio). Os remanescentes 30% do capital da Selfrio SGPS são detidos pela Johnson Controls, Inc, grupo americano que se dedica à produção de componentes automóveis, sistemas de refrigeração e ar condicionado, sistemas de gestão centralizada de edifícios (edifícios inteligentes) e serviços de limpeza e manutenção.

A Selfrio SGPS (cerca de 100 milhões de euros de volume de negócios e 640 colaboradores) agrega as participações da Sonae Capital relacionadas com:
- A concepção, instalação e serviços após venda na área da refrigeração, sobretudo frio comercial e frio industrial para cadeias de retalho alimentar e hotelaria (Selfrio - Engenharia do Frio, SA);
-A concepção e realização de empreitadas na área de climatização e ventilação e das instalações eléctricas associadas (Sistavac - Sistemas de Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado, SA);
- A prestação de serviços de manutenção e assistência técnica (SMP - Serviços de Manutenção e Planeamento, SA);
- A distribuição de equipamentos de refrigeração, equipamentos de ar condicionado e aquecimento (SKK – Central de Distribuição para Refrigeração e Climatização, SA).

Para além das actividades referidas, a Selfrio tem em curso, através destas participadas, um processo de alargamento do seu portfolio de actividades para os negócios de Technical Call Center (TCC), Building Management Systems (BMS), Fire & Security Systems e serviços de manutenção geral de edifícios.

Está também em desenvolvimento um plano de expansão internacional das actividades de construção e manutenção de sistemas de refrigeração para as áreas comerciais e industriais e de sistemas de ar condicionado em Espanha (Sopair, SA com sede em Madrid) e no Brasil (Friengineering, Lda. com centros operacionais em S. Paulo, Curitiba, Florianopolis e Porto Alegre).
http://tovi.blogs.sapo.pt
"Devido à velocidade da luz ser superior à do som, algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."
Avatar do Utilizador
Tovi
Resmungão
Resmungão
 
Mensagens: 2577
Registado: Terça-Feira 9 Outubro 2007, 21:28
Localização: Porto - Portugal

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor XôZé » Sábado 5 Dezembro 2009, 21:44

Apreciei muiyto em especial a vertente económica da coisa.

Com os pescadores e produtores de frutas e hortícolas.

Negoceiam directamente com eles eliminando a xulice dos intermediários que são os principais ganhadores através do inflacionamento dos preços.

O peixe por exemplo chega à lota quase dado depois de uma difícil faina ficando os pescadores com trocados enquanto os revendedores auferem de lucros avantajados com o consumidor a ser um dos mais prejudicados.
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor Reboredo » Sábado 5 Dezembro 2009, 22:18

XôZé escreveu:

Negoceiam directamente com eles eliminando a xulice dos intermediários


Até parece que ele não é intermediário :!: A máquina controla, examina, fiscaliza, inspecciona, tem sob a sua vigilância e sob o seu domínio tudo e todos. A chulice só temina quando os produtos passarem do produtor ao consumidor.
Sempre sempre não, mas sempre sempre até é bom.
Avatar do Utilizador
Reboredo
Furriel
Furriel
 
Mensagens: 1175
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 18:23
Localização: Brx.

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor XôZé » Sábado 5 Dezembro 2009, 22:27

Reboredo Escreveu: Até parece que ele não é intermediário :!: A máquina controla, examina, fiscaliza, inspecciona, tem sob a sua vigilância e sob o seu domínio tudo e todos. A chulice só temina quando os produtos passarem do produtor ao consumidor.


Tudo bem, não sou totalmente discordante com a tua opinião mas mesmo sendo intermediário já é um passo ao diminuír a proliferação dos intervenientes no negócio.

O rigor com que controla depois a qualidade dos produtos justifica-se pois responsabiliza o produtor para benefício dos consumidores.

Admitindo mesmo que não sendo perfeitos os contornos do negócio e isso está patente na reportagem, reconheça-se que a origem aceita as regras impostas pela empresa.
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor Arp » Sábado 5 Dezembro 2009, 22:30

Reboredo Escreveu:XôZé escreveu:

Negoceiam directamente com eles eliminando a xulice dos intermediários


Até parece que ele não é intermediário :!: A máquina controla, examina, fiscaliza, inspecciona, tem sob a sua vigilância e sob o seu domínio tudo e todos. A chulice só temina quando os produtos passarem do produtor ao consumidor.

Desculpa lá, Reb, mas não me estou a ver a meter os pés na areia das poucas vezes em que me apetece comer peixe, assim, só posso desejar que se reduza aos mínimos indispensáveis o número de intermediários. :grin:
O saber, o aprender o novo, só não encontra espaço em cabeças que já estão cheias, principalmente de ideias preconcebidas.
Arp
Avatar do Utilizador
Arp
Sargento-mor
Sargento-mor
 
Mensagens: 3414
Registado: Sábado 13 Outubro 2007, 14:02

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor Reboredo » Sábado 5 Dezembro 2009, 22:31

reconheça-se que a origem aceita as regras impostas pela empresa.


Diz-me de que lado está o elo mais fraco pf :?: :risada: :risada:
Sempre sempre não, mas sempre sempre até é bom.
Avatar do Utilizador
Reboredo
Furriel
Furriel
 
Mensagens: 1175
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 18:23
Localização: Brx.

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor XôZé » Sábado 5 Dezembro 2009, 22:33

Não carece. :mrgreen:

Então e diz-me lá tu como resolvias a coisa... :?

Estás à vontade para fazeres um desenho. :mrgreen:
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: Os bastidores dos hiper do Ti Belmiro...

Mensagempor Reboredo » Sábado 5 Dezembro 2009, 22:52

Estás à vontade para fazeres um desenho.


"Não carece." Do produtor ao consumidor. A perda de soberania com os (tratantes) de Lisboa e as directivas europeias limitam o conceito de economia positiva. Este modo de pensar vai primeiramente ao encontro de domínios e conceitos comuns, tais quais o desenvolvimento sustentável, o comércio equitável, a finança ética. Economia Positiva pela Humanidade, seu meio-ambiente (social, societal e ecológico) e seu futuro.

A Economia Positiva é harmonizar os seus actos económicos quotidianos com os seus valores humanos.
Sempre sempre não, mas sempre sempre até é bom.
Avatar do Utilizador
Reboredo
Furriel
Furriel
 
Mensagens: 1175
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 18:23
Localização: Brx.

Próximo

Voltar para Economia

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron